quarta-feira, 9 de maio de 2018

Por que Freud Hoje?



Esta obra reúne autores de renome nacional e internacional, os quais apresentam sua visão a respeito da importância do pensamento de Freud nos dias atuais. Para além da Psicanalise, diferentes campos do conhecimento e da ciência são contemplados, como a Filosofia, Psiquiatria, Neurociência, Pedagogia, Saúde, Artes, Literatura e a própria Psicanálise de escolas pós-freudianas. Abordam de que maneira o contato com as ideias de Freud contribui para o entendimento dos problemas que a nossa época suscita e também para a clínica do mal-estar contemporâneo, privilegiando, assim, reflexões que giram em torno da ainda permanente influência de Freud nessas diversas áreas do saber.

Índice:

PARTE I. A Atualidade do Pensamento Freudiano
1. Três Motivos (pelo Menos) para se Ler Freud, Hoje – Maria Rita Kehl
2. Discurso Freudiano e Contemporaneidade – Joel Birman
3. O Quarto Golpe e a Virtude Freudiana – Daniel Kupermann
4. Freud em Frankfurt: A Função da Psicanálise no Pensamento de Theodor Adorno – Vladimir Safatle
5. Freud Nosso de Cada Dia – Escolhas, Deslizes e Adoecimentos – Gláucia Leal
6. A Presença de Freud na Psicanálise Pós-freudiana – Nelson Ernesto Coelho Júnior
7. Linguagem, História e Desejo ‒ Sobre a Atualidade de Freud – Pedro de Santi

PARTE II. Freud, as Ciências e os Diversos Campos do Saber
8. A Cerebração de Freud: Contribuições do Pensamento Freudiano para a Neurociência – e Vice-Versa – Sidarta Ribeiro
9. Freud, o Sujeito da Psicopatologia e o Futuro da Psiquiatria – Mario Eduardo Costa Pereira
10. A Presença do Pensamento Freudiano no Campo da Saúde – Maria Lívia Tourinho Moretto
11. Freud entre a Ciência e a Filosofia Hoje – Christian Ingo Lenz Dunker
12. A Importância de Freud para a Arte e a Literatura – Tania Rivera
13. Sigmund Freud e o Interesse Pedagógico da Psicanálise – Leandro de Lajonquière

Epílogo
Freud na Veia, Hoje e Amanhã – Renato Mezan

Apêndice
Breve Biografia de Sigmund Freud – Daniel Kupermann

Sobre os Autores

Maria Rita Kehl: Psicanalista, jornalista, ensaísta, cronista e crítica literária. Doutora em Psicanálise pela PUC-SP. Recebeu o Prêmio Jabuti na categoria “Psicologia e Psicanálise" com o livro O Tempo e o Cão – A Atualidade das Depressões e recebeu o Prêmio Direitos Humanos do governo federal na categoria “Mídia e Direitos Humanos”.

Joel Birman: Psicanalista; Membro do Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos e do Espace Analytique; Professor Titular do Instituto de Psicologia da UFRJ; Diretor de Estudos em Letras e Ciências Humanas, Universidade Paris VII; Pesquisador associado do Laboratório “Psicanálise e Medicina e Sociedade” e Professor associado da École Doctorale de Psychanalyse da Université Paris VII.. Pesquisador e Consultor Ad hoc do CNPq. Autor de diversos livros, publicados no Brasil e no exterior, dos quais se destacam Mal-estar na Atualidade, Arquivos do mal-estar e da resistência, Cadernos sobre o mal e O sujeito na contemporaneidade.

Daniel Kupermann: Professor doutor do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), onde coordena o psiA – Laboratório de pesquisas e intervenções em psicanálise; bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq; psicanalista e autor de vários artigos publicados em revistas especializadas nacionais e estrangeiras, bem como dos livros Transferências cruzadas: uma história da psicanálise e suas instituições, Ousar rir: humor, criação e psicanálise, Presença sensível: cuidado e criação na clínica psicanalítica e Estilos do cuidado. É co-organizador de A fabricação do humano e Amar a si mesmo e amar o outro.

Vladimir Safatle: Professor livre-docente do Departamento de Filosofia da USP, bolsista de produtividade do CNPq, professor visitante das Universidades de Paris VII e Paris VIII, professor-bolsista no programa Erasmus Mundus. Autor de A paixão do negativo: Lacan e a dialética (2006), Folha explica Lacan (2007), Cinismo e falência da crítica (2008), O circuito dos afetos (2015), entre outros. Colunista do jornal Folha de S.Paulo e da Revista CULT.

Gláucia Leal: Jornalista, psicóloga e psicanalista, membro do Departamento de Psicossomática Psicanalítica do Instituto Sedes Sapientiae. Editora da revista Mente e Cérebro (Grupo Scientific American International).

Nelson Ernesto Coelho Júnior: Psicanalista, professor doutor do Instituto de Psicologia da USP.

Pedro de Santi: Psicanalista. Líder da área de Humanidades e Direito e professor da ESPM. Professor do Curso de Especialização em Teoria Psicanalítica da PUC-SP/COGEAE. Doutor em Psicologia Clínica pela PUC-SP. Mestre em Filosofia pela USP. Autor dos livros A Construção do Eu na Modernidade, A Crítica ao Eu na Modernidade – em Montaigne e Freud, Desejo e Adição nas Relações de Consumo e Eu e o Outro na Cidade.

Sidarta Ribeiro: Neurobiólogo. Diretor do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e professor titular da UFRN.

Mario Eduardo Costa Pereira: Psicanalista, psiquiatra. Professor titular de Psicopatologia Clínica pelo Laboratoire de Psychopathologie Clinique et Psychanalyse da Aix-Marseille Université (França). Livre-Docente em Psicopatologia do Dpto de Psiquiatria da FCM/UNICAMP, onde dirige o Laboratório de Psicopatologia: Sujeito e Singularidade (LaPSuS). Diretor do Núcleo de São Paulo do Corpo Freudiano – Escola de Psicanálise.

Maria Livia Moretto: Professora do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (IPUSP), coordenadora do Grupo de Pesquisa "Psicanálise, Saúde e Instituição" do IPUSP, psicanalista membro do Fórum do Campo Lacaniano de São Paulo, onde coordena a Rede de Pesquisa "Psicanálise e Saúde Pública", Editora-Chefe da Revista Psicologia USP, Diretora de Publicação da Sociedade Brasileira de Psicologia Hospitalar e membro do Grupo de Trabalho “Psicanálise, Política e Clínica” da Associação Nacional de Pesquisas e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP).

Christian Ingo Lenz Dunker: Psicanalista. Professor Titular em Psicanálise e Psicopatologia do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da USP. Fez seu pós-doutorado pela Manchester Metropolitan University e é Analista Membro de Escola (AME) do Fórum do Campo Lacaniano. Coordenador do Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise da USP (Latesfip). Autor de Estrutura e Constituição da Clínica Psicanalítica (vencedor do prêmio Jabuti), Mal-Estar, Sofrimento e Sintoma, A Psicose na Criança, Por que Lacan?. Articulista e colaborador regular de diversos jornais e revistas.

Tania Rivera: Doutora em Psicologia pela Université Catholique de Louvain, Bélgica, realizou Pós-Doutorado em Linguagens Visuais na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É ensaísta, psicanalista e professora do Departamento de Arte e da Pós-Graduação em Estudos Contemporâneos das Artes da Universidade Federal Fluminense (UFF). Escreveu os livros Arte e Psicanálise (2002), Guimarães Rosa e a Psicanálise (2005), Cinema, Imagem e Psicanálise (2008) e O Avesso do Imaginário – Arte Contemporânea e Psicanálise (2013). Dirigiu, entre outros, o vídeo Ensaio sobre o Sujeito na Arte Contemporânea Brasileira (2012).

Leandro de Lajonquière: Obteve, na França, a Habilitation à Diriger de Recherches (equivalente à Livre-Docência) na Université Paris 8. Professor em Ciências da Educação na Université Paris8 Vincennes-Saint-Denis. Na Argentina, integra como convidado os cursos de pós-graduação de “Ciências Sociais” de FLACSO e “Infância e Instituições” da Universidad Nacional de Mar del Plata. Membro Fundador do LEPSI IP/FE-USP e coeditor do periódico Estilos da Clínica (USP). Autor do livro Figuras do Infantil (2010), entre outros trabalhos.

Renato Mezan: Psicanalista. Professor titular da PUC-SP. Coordenador editorial da Revista Percurso. Dentre suas obras, destacam-se Freud – A Trama dos Conceitos, Freud Pensador da Cultura, Escrever a Clínica, Figuras da Teoria Psicanalítica, Intervenções e O Tronco e os Ramos – Estudos da História da Psicanálise, com o qual recebeu o Prêmio Jabuti na categoria “Psicologia, Psicanálise e Comportamento”.

Seu exemplar já pode ser adquirido aqui no Espaço Psi! Venha buscá-lo!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Lançamento: Psicoterapia on-line

Psicoterapia On-line. 
Ética, Segurança e Evidências Científicas sobre Práticas Clínicas Mediadas por Tecnologias

O livro inaugura para o leitor brasileiro a discussão sobre a psicoterapia on-line. Ele traz um balanço sobre as evidências científicas e os problemas de segurança e considerações éticas ligados às práticas clínicas mediadas por tecnologias.

Sobre os autores:
Cláudia Catão Alves Siqueira possui doutorado pelo Instituto de Psicologia da USP. Coordena o curso de Práticas Mediadas por Tecnologias (Psicoterapia On-line) da Casa dos Insights. Possui especializações em Educação On-line (FEA-USP), Psicoterapia Psicanalítica (IP-USP), Dependência Química (UNIAD/UNIFESP) e Pesquisa Clínica (FMUSP), sendo também candidata à International Psycoanalitical Association (IPA) e International Affiliate da American Psychology Association (APA). Atende clientes em psicoterapia breve e psicanalítica presencial e on-line. Supervisiona colegas em atendimentos clínicos psicanalíticos e atendimentos on-line.

Marcelo Nascimento Russo é Master of Business Administration em Gestão de Negócios pelo IBMEC. Coordena e leciona no curso de Práticas Mediadas por Tecnologias (Psicoterapia On-line) da Casa dos Insights. É graduado em Engenharia Mecânica com ênfase em Automobilística pela FEI. Criou e gerenciou o desenvolvimento do Consultório Virtual Seguro (CVS), única plataforma exclusiva para atendimentos de saúde com 5 níveis de segurança disponível na América Latina. O CVS atende os mais rigorosos parâmetros internacionais de segurança (HIPAA, HITECH e COPPA) e possui criptografia em todos os atendimentos clínicos, sejam eles realizados por videoconferência com alta qualidade de áudio e vídeo, chat ou e-mail.

Venha buscar seu exemplar aqui no Espaço Psi!!!
Rua Dr. Soares Romeu, 55
(16)3911-7563

livrariaespacopsi@gmail.com

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Pré-venda: "A Disposição para o Assombro"



“O desamparo inicial dos seres humanos é a fonte primordial de todos os motivos morais”, escreveu Freud em 1895. Mais propriamente, é a fonte da ética, afirma o psicanalista Leopold Nosek. A devoção absoluta a cada ser que emerge na história – à perene alteridade desse rosto infinitamente novo – é o ato ético primordial. Em sua obrigatoriedade, ele cria o humano. Essa é uma das ideias que guiam Nosek em "A Disposição para o Assombro", coletânea de ensaios, conferências e entrevistas em que o legado freudiano ganha uma expressão extremamente original e inteligente. Na história da razão, a descoberta do inconsciente representou um choque cujos efeitos não cessam. Infinito, incapturável por definição, o inconsciente está aí, montado no pensamento como dado de apreensão da cultura e, antes disso, como elemento constituinte do sujeito. 
Este livro demonstra que a psicanálise continuará a ser incontornável.

Em 23 de junho o Dr. Leopold Nosek estará em Ribeirão Preto a convite da Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto para a Palestra "A Disposição para o Assombro"

As inscrições já estão abertas pelo site da SBPRP: 
http://www.sbprp.org.br/site/eventos_show.php?id=52 

O Espaço Psi, que estará presente no evento para uma sessão de autógrafos, dentro de alguns dias irá receber o livro "A Disposição para o Assombro" e disponibilizará um desconto especial aos interessados que efetuarem sua compra até o dia 30 de abril: De 68,00 por 55,00.

Entre em contato conosco e garanta seu exemplar antecipadamente.
(16) 3911-7563 / livrariaespacopsi@gmail.com

segunda-feira, 2 de abril de 2018

Livro: Técnica de Intervenção Psicopedagógica



Técnicas de Intervenção Psicopedagógica é oriundo da experiência da autora por longos anos, nos quais supervisionou trabalhos e atendeu casos de problemas e dificuldades de aprendizagem (psicopedagógicos).
O texto desta obra discorre sobre o aparato teórico que fundamenta a Intervenção Psicopedagógica e contém exemplos de casos de diferentes distúrbios de aprendizagem. Também são citados exemplos de aplicações de jogos psicopedagógicos.
No aparato teórico deste livro, a autora mostra técnicas de intervenção e sua interpretação operacionalizada, tornando a Intervenção Psicopedagógica incontestável e, acima de tudo, mostrando o campo e os limites da atuação psicopedagógica.

Leila Sara José Chamat é Pedagoga. Mestre em Psicologia da Saúde, Doutora em Psicologia do Escolar e Desenvolvimento. Formação em Hipnose Ericksoniana, Regressão e Reprogramação Mental pelo Instituto Sapiens, RJ, Participação e exposição em vários congressos e cursos diversos em Neurologia.

Seu exemplar pode ser adquirido aqui no Espaço Psi!
3911-7563
livrariaespacopsi@gmail.com

terça-feira, 27 de março de 2018

TENA - Teste de Nomeação Automática




Aproveite a PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO e venha buscar o seu aqui no Espaço Psi! Entre em contato conosco: livrariaespacopsi@gmail.com / (16) 3911-7563

A nomeação automática se caracteriza pela capacidade em perceber um símbolo visual e recuperar seu nome de maneira rápida e acurada. Este tipo de tarefa fornece uma das melhores medidas para diferenciar bons e maus leitores, tendo em vista que tanto a nomeação automática, quanto a leitura, envolvem o reconhecimento visual de estímulos e o acesso à sua representação fonológica.

O instrumento tem como objetivo avaliar a nomeação automática em crianças. É de grande importância na identificação precoce de riscos de dificuldades de leitura e aprendizado em crianças, bem como para avaliar processos subjacentes a fluência de nomeação e de leitura que compõe o sistema básico de recuperação de palavras e seus componentes, podendo ser utilizado como instrumento diagnóstico.

Principais vantagens:
• Permite identificar precocemente riscos de transtornos de aprendizagem;
• Fornece subsídios para identificar dificuldades no acesso à representação fonológica de símbolos.

Material de aplicação: Manual, pranchas de treino e de estímulos, e folha de aplicação.

População alvo: Crianças dos 3 aos 9 anos e 11 meses de idade.

Tempo de aplicação: Em média 15 minutos.

Aplicação: Individual.

Contexto recomendado: Clínico e neuropsicológico.

Autores:
Patrícia Botelho da SilvaPsicóloga pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestre em Distúrbios do Desenvolvimento com estudo de evidência de validade do Teste de Nomeação Automática Rápida. Doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento com estudo longitudinal de busca por valor preditivo de consciência fonológica e nomeação automática rápida para leitura e escrita no português. Atua principalmente nos seguintes temas: avaliação neuropsicológica, EEG, dislexia do desenvolvimento, ERP, estimulação cognitiva e psicometria.
Tatiana Pontrelli MeccaPsicóloga, Mestre e Doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), com bolsa da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Estágio pós-doutoral em Distúrbios do Desenvolvimento pela UPM. É professora Permanente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Educacional do Centro Universitário FIEO - UniFIEO. Coordenadora do Grupo de Investigação em Neuropsicologia, Desenvolvimento e Educação (GINDE) no UniFIEO. Pesquisadora do Laboratório de Neurociência Cognitiva e Social da UPM. Membro da diretoria do Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica (gestão 2015-2017). Membro do GT Avaliação Neuropsicológica e Cognitiva da ANPEPP (2014-2017) e atualmente membro do GT Transtornos do Espectro do Autismo - Pesquisa em Saúde e Educação. 
Elizeu Coutinho de MacedoPsicólogo, Mestre e Doutor em Psicologia Experimental pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é professor adjunto da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) e membro da Academia Paulista de Psicologia. É presidente da Comissão de Ética no Uso de Animais da UPM desde 2008 e foi presidente do Comitê de Ética em Pesquisa (2008-2016) da mesma universidade. Foi Coordenador do programa de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento (2008-2012) e tem experiência na área com ênfase em Psicologia Cognitiva, do Desenvolvimento e Neuropsicologia.

terça-feira, 20 de março de 2018

Promoção: Avaliação Neuropsicológica - Artmed


Esta nova edição de Avaliação Neuropsicológica reúne alguns dos principais clínicos, professores e pesquisadores que se dedicam ao desenvolvimento desta área no Brasil. Abordando os avanços recentes e incluindo novos instrumentos de avaliação utilizados neste campo, esta é uma obra fundamental tanto para a formação como para o aprimoramento profissional.

Sumário
PARTE I - Avaliação Neuropsicológica e Fundamentos de Psicometria
Capítulo 1. Contrastando avaliação psicológica e neuropsicológica: acordos e desacordos
Capítulo 2. O neuropsicólogo e seu paciente: a construção de uma prática
Capítulo 3. Neuropsicometria: modelos nomotético e idiográfico
Capítulo 4. Psicometria aplicada à neuropsicologia
Capítulo 5. Princípios gerais de métodos de estudo de caso

PARTE II - Princípios Gerais da Avaliação Neuropsicológica e Domínios Específicos
Capítulo 6. Avaliação da inteligência e seus desafios
Capítulo 7. Linguagem
Capítulo 8. Memória
Capítulo 9. Atenção
Capítulo 10. O exame das funções executivas
Capítulo 11. Praxia e visioconstrução
Capítulo 12. Cognição numérica
Capítulo 13. Leitura e escrita
Capítulo 14. Comportamento motor
Capítulo 15. Cognição social
Capítulo 16. Julgamento e tomada de decisão
Capítulo 17. Reconhecimento de emoções
Capítulo 18. A avaliação da personalidade e sua contribuição à avaliação neuropsicológica
Capítulo 19. Habilidades sociais

PARTE III - Avaliação Neuropsicológica no Desenvolvimento
Capítulo 20. Avaliação neuropsicológica e desenvolvimento cognitivo na pré-escola
Capítulo 21. Avaliação neuropsicológica infantil
Capítulo 22. Avaliação neuropsicológica de adultos
Capítulo 23. Avaliação neuropsicológica do envelhecimento

PARTE IV - Contribuições da Availação Neuropsicológica
Capítulo 24. Avaliação neuropsicológica no contexto da neurologia e da psiquiatria infantil
Capítulo 25. Neurologia de adultos e idosos
Capítulo 26. Geriatria
Capítulo 27. Aplicações do exame neuropsicológico à psiquiatria
Capítulo 28. A contribuição da neuropsicologia para a fonoaudiologia
Capítulo 29. Práticas forenses
Capítulo 30. Práticas esportivas
Capítulo 31. Contribuições da avaliação neuropsicológica na educação

PARTE V - Estudos no Contexto Brasileiro
Capítulo 32. Escala Barkley de Disfunções Executivas – versão longa de autorrelato (BDEFS-lar)
Capítulo 33. Variantes da Figura Complexa de Taylor
Capítulo 34. Escala Wechsler de Inteligência para Crianças (WISC-IV)
Capítulo 35. Adaptação brasileira da Escala Wechsler Abreviada de Inteligência (WASI)
Capítulo 36. Torre de Londres e Torre de Hanói
Capítulo 37. Teste de Trilhas Coloridas no Brasil (Color Trails Test)
Capítulo 38. Trail Making Test
Capítulo 39. Teste de Aprendizagem Auditivo-Verbal de Rey (RAVLT)
Capítulo 40. Figura Complexa de Rey
Capítulo 41. Iowa Gambling Task (IGT)
Capítulo 42. Children Gambling Task (CGT)
Capítulo 43. Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST)
Capítulo 44. Fluência verbal
Capítulo 45. Teste pré-alfabético da capacidade de ativação do cérebro inferior e integração do cérebro superior com apenas cinco conceitos verbais e em apenas cinco minutos (Teste dos Cinco Dígitos – FDT)
Capítulo 46. Teste Token – Versão Reduzida
Capítulo 47. Teste de Arrumação do Armário
Capítulo 48. Escala de Avaliação de Demência
Capítulo 49. Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve – NEUPSILIN
Capítulo 50. Reading the Mind in the Eyes Test (RMET)
Capítulo 51. Escala Geral de Atividades de Vida Diária
Capítulo 52. Versão modificada do Teste de Fluência Verbal Alternada
Capítulo 53. Questionário de Falhas Cognitivas
Capítulo 54. Bateria de Avaliação da Memória Semântica (BAMS) 
Índice

Autores
Leandro F. Malloy-Diniz
Psicólogo, neuropsicólogo. Mestre em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutor em Farmacologia Bioquímica e em Farmacologia Molecular pela UFMG. Professor Associado da Faculdade de Medicina da UFMG. Consultor científico do Instituto Lumina de Neurociências aplicadas à Saúde Mental.

Daniel Fuentes
Psicólogo. Especialista em Neuropsicologia pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). Doutor pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Fellow pela Calgary University, Canadá. Ex-diretor do Serviço de Psicologia e Neuropsicologia do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (IPq-HCFMUSP).

Paulo Mattos
Psiquiatra. Especialista em Psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Mestre e Doutor em Psiquiatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisador do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR).

Neander Abreu
Psicólogo. Especialista em Neuropsicologia pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP). Mestre e Doutor em Neurociências e Comportamento pela Universidade de São Paulo (USP). Professor Associado do Instituto de Psicologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Promoção até 30 de março de 2018, apenas para exemplares da pronta entrega. 

Espaço Psi
Rua Dr. Soares Romeu, 55
(16)3911-7563
livrariaespacopsi@gmail.com

segunda-feira, 19 de março de 2018

HTP - Vetor Editora



Objetivo: Avaliar as principais características da personalidade. 

Público-alvo: Crianças e adultos, com idade a partir dos 8 anos.

Aplicação: Individual, sem limite de tempo, sendo que a maioria das aplicações leva em média de 30 a 90 minutos.

Descrição: Estimula a projeção de elementos da personalidade e de áreas de conflito dentro da situação terapêutica, permitindo que eles sejam identificados com o propósito de avaliação e usados para o estabelecimento de comunicação terapêutica. O sujeito faz desenhos estabelecidos pelo aplicador à mão livre seguido de um inquérito relativo às associações do sujeito sobre os aspectos de cada desenho. A correção é realizada pela avaliação qualitativa de cada desenho.  

Existem estudos de validade e precisão.

O teste é adaptado para o Brasil.

Assista abaixo a entrevista que a Vetor Editora fez com a Dra Maria Olinda sobre o teste HTP e venha buscar seu kit no Espaço Psi: